Na contramão da crise.

Muito se fala em crise nos dias atuais, seria hipocrisia minha falar que não estou sofrendo em algum aspecto, seja na minha vida pessoal ou até mesmo nos negócios da minha empresa, no entanto a Hostplan vem trabalhando para minimizar o impacto da crise, tanto para si mesma quanto para os seus clientes.

Recentemente a Totvs, lançou sua ferramenta de BI totalmente nas nuvens, uma ferramenta fantástica, mas com custo elevadíssimo, o pacote mais barato tem uma taxa de adesão de 10 mil reais e com manutenção mensal em torno dos 1300 reais. Não somente a Totvs, como a Microsoft, a Oracle, a DELL e diversas empresas, vêm investindo em soluções de BI Cloud, são os chamados Big Datas, que nada mais é que a visualização dos dados da sua empresa em forma de resultados, que poderão ser consultados de qualquer plataforma ou lugar.

A Hostplan há algum tempo, mais precisamente há cinco anos, já vem desenvolvendo ferramentas nessa plataforma, contudo com dois grandes diferenciais, primeiramente o preço, a Hostplan cobra o valor justo independente do porte do cliente, a outra são as integrações dinâmicas, que facilitam o dia a dia de quem usa o ERP TOTVS, lembrando claro, que ele pode ser adaptado em qualquer sistema.

Um exemplo clássico dessa integração são os relatórios de produção de equipe e fechamento de frete, utilizados por clientes da construção civil e vendas a varejo. Todas as notas emitidas contêm a informação de qual carreteiro RPA (autônomo) levou a mercadoria e se for o caso o vendedor interno que efetuo a venda, essas informações irão gerar um relatório para pagamento do carreteiro e também pagamento de comissão de venda, contudo esses relatórios contêm uma ação, que é restrito claro, no qual ao ser executada, os valores descritos nos relatórios são inseridos direto no Totvs Gestão de Folha de Pagamento (RM Labore), diretamente no código fixo de cada integrante, com isso economizamos em média um dia de trabalho do assistente de DP, que dependendo no número de funcionários, perdia muito tempo digitando todas essas informações, sem pensar na diminuição de erros e fraudes.

Bom esse é um exemplo de tantos outros, no qual a Hostplan é especializada, então não perca tempo nem dinheiro, entre em contato conosco e agende uma visita.
Hostplan, integrando soluções e facilitando seu dia a dia.

Rony Souza

O uso da nova MDI é facultativo, pois na versão 11.8x ainda é possível usar o BackOffice antigo,  basta acessar a pasta onde o sistema foi instalado e usar o executável dentro das pastas de seus respectivos módulos.

O uso da nova MDI está disponível desde a versão 11.40, porém apenas a parti da versão 11.80 as empresas tem obtido sucesso em utilizá-la.

 

PROCESSOS NÃO MIGRADOS

Primeiro de tudo vem as questão que poderiam impossibilitar o uso do novo BackOffice, pois existem alguns processos que não estão disponíveis, como exemplo:

- Processo de Escrituração no Nucleus;

- Relatório de Razão no Saldus;

- Relatório de Folha Analítica no Labore;

- Alguns relatórios fiscais no Liber.

Então para o uso da nova MDI, deve ser visto todos os processos que a sua empresa usa foram migrados para a nova MDI e disponibilizado na versão utilizada, pois isso pode impactar bastante no dia-dia da pessoa que opera o sistema, tendo que ficar alternando entre a MDI antiga e nova.

 

RELATORIOS EM DELPH

Na versão 11.8x a nova MDI ainda permite a visualização dos relatórios em DELPH, porém a geração deles acaba ocorrendo vários erros e não funciona corretamente.

O que se sugeri é colocar a execução desses relatórios em JobServer, essa opção fica disponível nas configuração do relatório, porém alguns relatórios ainda não são executados corretamente, nos obrigando a executa-los na MDI antiga.

 

REVISÃO DOS PERFIS

A definição de acessos dentro do perfil são diferentes entre as interfaces, então todas as permissões dos módulos devem ser revisadas, principalmente os módulos do Nucleus e Fluxus.

 

- Prós

Fácil navegação, podendo transitar entre os módulos do sistema de maneira eficaz;

Processos podem ser cancelados durante a execução;

- Contras

Mudança drástica gerando receio do usuário de usar o novo modelo;

Alguns processos não foram migrados ou não funciona em total perfeição.

 

A escolha de usar o novo modelo de BackOffice vai depender dos processos no qual o usuário executa.

É bom os usuários começarem a se adaptar o novo modelo, pois está previsto a obrigatoriedade dele para a versão 12. 

CONHEÇA A MAIS NOVA VERSÃO DOS NOSSOS SISTEMAS DE GESTÃO

TECNOLOGIA FLUIDA | ESSENCIALIDADE | ERP ÁGIL

No início do ano, assumimos com nossos clientes o compromisso de evoluir nossas ofertas com a implementação de três conceitos: tecnologia fluida, essencialidade e ERP ágil. A TOTVS V12 é a materialização de tudo isso, pois estamos entregando uma nova experiência de uso de nossos sistemas, alcançada com uma camada de tecnologia fluida.

A partir de agora, os clientes que fizerem o upgrade para a TOTVS V12, contarão com o release incremental, por meio do qual a TOTVS disponibilizará continuamente novas funcionalidades do ERP. Dessa forma, custo e esforço serão diluídos e os clientes contarão com um sistema constantemente atualizado, na velocidade das inovações.

Área Restrita

Contato

 
Av. Rio Branco, 257, 1501/1502, Centro,
Rio de Janeiro, RJ

(21) 3005-3079
(21) 972951220

JoomShaper